Rua Direita
Sexta-feira, 6 de Maio de 2011
Filipe Diaz

Imaginemos que somos vítimas de uma tentativa de homicídio, ou antes, de ofensas graves à nossa integridade física (para que sobrevivamos, embora em mau estado), e imaginemos que neste infortúnio, o nosso agressor é médico, ao que consta com poucas qualificações, capacidades e habilidades, mas ainda assim, médico...

 

... pois bem, pediríamos neste caso ao nosso agressor, ao autor das ofensas ao nosso corpo e à nossa saúde, que nos curasse, que nos minorasse as lesões e debelasse o sofrimento?!?

 

Feito este exercício, sem querer saber as respostas e mudando de assunto, alguém me explica como é que o PS continua a rondar os 30% em todas as sondagens de hoje (sendo mesmo o partido com mais intenções de voto numa delas)? E mais, como é que o Primeiro-Ministro demissionário, cuja condução do país nos deixou no actual (mau) estado, continua aparentemente a gozar da confiança de tantos portugueses? 

 

Enfim, é apenas um exercício mental!

 

 

Publicado Por Filipe Diaz em 6/5/11
Link do Post | Comentar
5 comentários:
De António Parente a 6 de Maio de 2011 às 13:18
Esta é fácil de responder. Em primeiro lugar, podemos estar convencidos que o nosso médico não nos tentou matar, que fez o melhor que pode mas alguém o impediu de fazer melhor e que o vizinho que nos diz que o médico é mau não é credível porque sabemos que não gosta dele.

Mesmo que estivéssemos descontentes e quiséssemos optar por outro médico, poderíamos olhar à volta e concluir que os outros médicos que nos querem tratar da saúde nos metem medo porque nos ameaçam com coisas semelhantes a colonoscopias (é uma metáfora) e nós estamos convencidos que esses métodos e remédios ainda nos podem fazer pior. Em resumo, a prudência diz-nos que face às alternativas talvez seja conveniente não mudar de médico.

declaração de interesses: não sou apoiante de josé sócrates, só pretendo mostrar o que se pode passar na cabeça dos pacientes.


De GM a 6 de Maio de 2011 às 14:53
Perante a certeza da incompetência do Sr. Sócrates, a escolha é simples, antes a incerteza sobre o nosso fim que a certeza do buraco. Com este PM é licito assumir que será esse o nosso triste final. Ainda acabamos nas mãos de outro socialista, providencialmente colocado para acolher refugiados...


De Pedro da Quitéria Faria a 6 de Maio de 2011 às 14:23
Caro Filipe Diaz,

Para que esta sondagem tivesse credibilidade, seria necessário que após a resposta: PS, o "telefonista inquiridor" perguntasse: Deixe-se de brincadeiras sff... Responda lá a sério!

É oficial... A ser verdade esta tragédia probabilistica, dia 6 emigro para a Finlândia. Os Verdadeiros Finlandeses bem sabem porque não querem emprestar dinheiro a um bando de loucos masoquistas.

Ah! Convém esclarecer que ainda assim, no dia 5 de Junho, deixo a cruzinha patriótica no CDS.

Saudações Populares.


De Filipe Diaz a 6 de Maio de 2011 às 15:10
Caro António, será o raciocínio que expõe aplicável ao fim de seis anos de ofensas, agravadas de ano para ano, e acompanhadas por um côro crescente de vozes que, dentro e fora de portas, alertavam para a violência dos actos perpetrados? Ainda assim devemos dar a outra face?


De Francisco de Almeida a 6 de Maio de 2011 às 16:12
Caro António, pregunto mais. Durante esses mesmos 6 anos estiveram outros médicos a sugerirem outros tratamentos. Alguns melhores outros piores.
Entre esses houve pelo menos um que quis fazer uma colonoscopia porque acreditou que era fundamental para a cura. Teve de vir um médico estrangeiro aconselhar a mesma colonoscopia em alternativa a mandar o paciente para a cova e esse mesmo paciente ainda quer que a colonoscopia seja feita pelo mesmo médico que durante 6 anos lhe andou a dizer que ele só tinha um arranhão e que precisava era de betadine??
Sinceramente não percebo!


Comentar post

Autores
Contacto
ruadireitablog [at] gmail.com
Subscrever Feeds
Redes Sociais
Siga o  Rua Direita no Twitter Twitter

Temas

'tiques socráticos'(6)

acordo(10)

administração pública(8)

ajuda externa(21)

alternativa(7)

bancarrota(13)

be(7)

bloco(11)

bloco central(5)

campanha(50)

cds(102)

cds-pp(12)

cds; psd(6)

comunicação(7)

constituição(6)

day after(8)

debate(12)

debates(52)

defice(8)

democracia(10)

desemprego(10)

desgoverno(11)

despesa pública(9)

dívida pública(11)

economia(20)

educação(19)

eleições(26)

esquerda(6)

estado social(23)

fiscalidade(14)

fmi(46)

futuro de portugal(17)

governar portugal(6)

governo(9)

humor(9)

josé sócrates(36)

legislativas 2011(6)

ler os outros(21)

maioria absoluta(26)

manifesto(32)

memorandum(38)

novas oportunidades(14)

passos coelho(13)

paulo portas(10)

política(15)

portugal(26)

programa de governo(7)

ps(108)

psd(73)

sair da crise(22)

saúde(6)

socialismo(19)

sócrates(63)

socrates(11)

sondagens(12)

troika(31)

tsu(7)

valores(6)

voto(9)

voto útil(32)

todas as tags

Últimos Links
Twingly Blog Search link:http://ruadireita.blogs.sapo.pt/ sort:publishedÚltimos Links para o Rua Direita
Pesquisar Neste Blog
 
Arquivos

Novembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

blogs SAPO