Rua Direita
Sexta-feira, 6 de Maio de 2011
Francisco de Almeida

Acabo de ler no site do diário económico um artigo de opinião do professor universitário João Fernando Rosas (aqui). Temo que haja ainda muita gente confusa quanto ao CDS, e à política em geral. Alguns excertos:

 

“ (…) a presença no Governo do partido da extrema-direita parlamentar daria ao país a imagem de um executivo de "direita alargada", não de um Governo de unidade nacional”.

 

Queria começar por referir o óbvio: o CDS não é um partido de extrema direita, acho que 99% da população já percebeu. Segundo, o governo não dá “uma imagem” ao país. O governo é votado pelo povo para reflectir a imagem que o povo quer! Se o povo vota mais para a direita, é mais para a direita que vai sair o governo. Em democracia é assim.

 

“Em segundo lugar, a presença do CDS dificultaria em muito o funcionamento interno da coligação. Enquanto o PSD e o PS são partidos que têm em comum mais do que aquilo que querem admitir, o CDS é um partido de maior intransigência ideológica e com um líder especialmente truculento.”

 

Esta não percebo mesmo. Parece que ser coerente, ter princípios e ideais, defendê-los e lutar por eles, é mau. Então o que nós queremos mesmo são uma espécie de camaleões que mudam de ideias de acordo com quem estão a falar? Os Portugueses votam num governo, numa equipa e num plano de trabalho, seja ele qual for. Não votam com certeza em quem governe “ao sabor do vento”!

 

Acho que sinceramente vivo num mundo diferente do deste senhor.

Temas: ,
Publicado Por Francisco de Almeida em 6/5/11
Link do Post | Comentar
3 comentários:
De Adolfo Mesquita Nunes a 6 de Maio de 2011 às 17:46
"Segundo, o governo não dá “uma imagem” ao país. O governo é votado pelo povo para reflectir a imagem que o povo quer! Se o povo vota mais para a direita, é mais para a direita que vai sair o governo. Em democracia é assim."
Excelente!


De Pedro da Quitéria Faria a 6 de Maio de 2011 às 17:54
Caro Francisco de Almeida,

Tenho a profunda convicção que este Senhor será Professor Universitário na Universidade de Piongyang...

Estarei enganado?

Saudações Populares.


De Francisco de Almeida a 9 de Maio de 2011 às 14:34

Eu diria o mesmo... O que me preocupa mais é a ideia de que haja professores em Portugal que não reconheçam a responsabilidade que têm em formar as novas gerações.



Comentar post

Autores
Contacto
ruadireitablog [at] gmail.com
Subscrever Feeds
Redes Sociais
Siga o  Rua Direita no Twitter Twitter

Temas

'tiques socráticos'(6)

acordo(10)

administração pública(8)

ajuda externa(21)

alternativa(7)

bancarrota(13)

be(7)

bloco(11)

bloco central(5)

campanha(50)

cds(102)

cds-pp(12)

cds; psd(6)

comunicação(7)

constituição(6)

day after(8)

debate(12)

debates(52)

defice(8)

democracia(10)

desemprego(10)

desgoverno(11)

despesa pública(9)

dívida pública(11)

economia(20)

educação(19)

eleições(26)

esquerda(6)

estado social(23)

fiscalidade(14)

fmi(46)

futuro de portugal(17)

governar portugal(6)

governo(9)

humor(9)

josé sócrates(36)

legislativas 2011(6)

ler os outros(21)

maioria absoluta(26)

manifesto(32)

memorandum(38)

novas oportunidades(14)

passos coelho(13)

paulo portas(10)

política(15)

portugal(26)

programa de governo(7)

ps(108)

psd(73)

sair da crise(22)

saúde(6)

socialismo(19)

sócrates(63)

socrates(11)

sondagens(12)

troika(31)

tsu(7)

valores(6)

voto(9)

voto útil(32)

todas as tags

Últimos Links
Twingly Blog Search link:http://ruadireita.blogs.sapo.pt/ sort:publishedÚltimos Links para o Rua Direita
Pesquisar Neste Blog
 
Arquivos

Novembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

blogs SAPO