Rua Direita
Segunda-feira, 9 de Maio de 2011
João Távora

 

Acho profundamente errado que o PSD e o CDS acendam entre si demasiado o despique eleitoral, correndo o risco de se desfocarem do principal alvo a abater, o protagonista do criminoso descalabro a que o país chegou. De resto, o apelo ao voto útil que vem sendo apregoado pelas hostes sociais-democratas incorre num pequeno grande equívoco: para a obtenção duma maioria absoluta à direita é de extrema importância o CDS ultrapassar a barreira dos 16% de votos, momento em que por causa do método de Hondt a proporcionalidade da eleição dos deputados sobe significativamente. Dir-me-ão alguns dos meus amigos que estas contas não garantem a deposição de José Sócrates. Pois é verdade, pensassem nisso mais cedo: com o mesmo método de Hondt, uma aliança pré eleitoral teria sido bem mais eficiente para a tal desígnio, mas essa oportunidade já caducou. 

Publicado Por João Távora em 9/5/11
Link do Post | Comentar
2 comentários:
De José Carvalho a 9 de Maio de 2011 às 17:18
O excelente resultado obtido em 2009 foi conseguido através dos votos de um conjunto não habitual de eleitores que viram no CDS um novo espaço de afirmação, coerência e diferenciação relativamente às práticas dos outros partidos. Não obstante há alguns meses atrás ter sugerido ao PM no Parlamento que se demitisse e deixasse o país respirar, seria altamente conveniente que o dr. P.Portas fizesse nestes dias uma demonstração inequívoca de demarcação quanto à eventual possibilidade de se coligar/associar pós-eleições com o PS/Sócrates, de forma a clarificar a sua relação com aquele eleitorado "extra" que em 2009 lhe deu o voto. De outro modo subsistirão incertezas e sobrevirá a forte probabilidade de esse agregado, desconfiado, se abster ou redireccionar o seu voto para outro partido.


De João Távora a 9 de Maio de 2011 às 17:54
caro José Carvalho: concordo que urge uma demarcação peremptória do CDS da possibilidade duma aliança com José Sócrates. De resto, tendo em consideração o panorama político (e o que está em jogo), não me parece inteligente mais do que isso, sob o risco da inevitabilidade de outras soluções.
Cumprimentos,


Comentar post

Autores
Contacto
ruadireitablog [at] gmail.com
Subscrever Feeds
Redes Sociais
Siga o  Rua Direita no Twitter Twitter

Temas

'tiques socráticos'(6)

acordo(10)

administração pública(8)

ajuda externa(21)

alternativa(7)

bancarrota(13)

be(7)

bloco(11)

bloco central(5)

campanha(50)

cds(102)

cds-pp(12)

cds; psd(6)

comunicação(7)

constituição(6)

day after(8)

debate(12)

debates(52)

defice(8)

democracia(10)

desemprego(10)

desgoverno(11)

despesa pública(9)

dívida pública(11)

economia(20)

educação(19)

eleições(26)

esquerda(6)

estado social(23)

fiscalidade(14)

fmi(46)

futuro de portugal(17)

governar portugal(6)

governo(9)

humor(9)

josé sócrates(36)

legislativas 2011(6)

ler os outros(21)

maioria absoluta(26)

manifesto(32)

memorandum(38)

novas oportunidades(14)

passos coelho(13)

paulo portas(10)

política(15)

portugal(26)

programa de governo(7)

ps(108)

psd(73)

sair da crise(22)

saúde(6)

socialismo(19)

sócrates(63)

socrates(11)

sondagens(12)

troika(31)

tsu(7)

valores(6)

voto(9)

voto útil(32)

todas as tags

Últimos Links
Twingly Blog Search link:http://ruadireita.blogs.sapo.pt/ sort:publishedÚltimos Links para o Rua Direita
Pesquisar Neste Blog
 
Arquivos

Novembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

blogs SAPO