Rua Direita
Terça-feira, 10 de Maio de 2011
Vasco Lobo Xavier

 

Há uma coisa que Sócrates tem de explicar aos portugueses e muito rapidamente.

 

Se, como afirmou ontem no debate, ele não tinha dito que não governaria com o FMI (mas apenas — preciosismo delicioso — que não estava disponível para governar com o FMI), por que é que se demitiu?

 

Metendo os pés pelas mãos, logo a seguir Sócrates pretendeu convencer-nos de que, em momento anterior à entrada do FMI, nenhum dirigente político deveria admitir que governaria com o FMI por isso ser sinal de derrota e insucesso (dele, convenhamos, embora com o país atrás).

 

Mas, depois de ser pedida a ajuda externa, já era possível governar com o FMI.

 

Então, renovo a pergunta que todos lhe deveremos fazer até que ele responda: se afinal Sócrates admitia governar com o FMI, por que é que se demitiu?

 

 

Publicado Por Vasco Lobo Xavier em 10/5/11
Link do Post | Comentar
4 comentários:
De Pedro da Quitéria Faria a 10 de Maio de 2011 às 16:14
Caro Vasco Lobo Xavier,

Concordo em absoluto. Esta é a grande pergunta do momento e que deveria ser repetida até à exaustão em todos os debates! Tal como o Eng. Sócrates repete até à saciedade a mentira da entrada do FMI, em consequência da crise politica criada pela oposição, urge perguntar a plenos pulmões: Porque é que se demitiu?!

Embora todos nós saibamos a resposta. Porque não tinha sequer solvabilidade para pagar à empregada da limpeza do hall da Assembleia da República...

Cumprimentos.


De Tomas a 10 de Maio de 2011 às 16:43
Bem visto...


E a acrescentar esta teoria que foram os outros que o mandaram embora... Foi aprovada uma moção de censura? Eu que me lembre foi o Sócrates que se demitiu. Quem criou a crise politica foi o Sócrates...


Se eu te disser que ou fazes o que quero ou eu dou uma estalada a mim mesmo, e depois dou a estalada, quem deu a estalada?


De Vasco Lobo Xavier a 10 de Maio de 2011 às 17:46

É de uma simplicidade enorme: se ele sabia que tinha mentido aos portugueses quando ameaçou não governar com o FMI, se ele sabia que governava com o FMI, por que é que se demitiu?

Se houve crise política, só a Sócrates a mesma se deve!


De Diogo Nuno Martins a 12 de Maio de 2011 às 12:10
E eu acrescentaria:

Por que se demitiu Sócrates se a situação de Portugal era tão delicada, como agora também admite?


Por que se demitiu Sócrates se tinha um orçamento aprovado para 2011, e supostamente bom?


Comentar post

Autores
Contacto
ruadireitablog [at] gmail.com
Subscrever Feeds
Redes Sociais
Siga o  Rua Direita no Twitter Twitter

Temas

'tiques socráticos'(6)

acordo(10)

administração pública(8)

ajuda externa(21)

alternativa(7)

bancarrota(13)

be(7)

bloco(11)

bloco central(5)

campanha(50)

cds(102)

cds-pp(12)

cds; psd(6)

comunicação(7)

constituição(6)

day after(8)

debate(12)

debates(52)

defice(8)

democracia(10)

desemprego(10)

desgoverno(11)

despesa pública(9)

dívida pública(11)

economia(20)

educação(19)

eleições(26)

esquerda(6)

estado social(23)

fiscalidade(14)

fmi(46)

futuro de portugal(17)

governar portugal(6)

governo(9)

humor(9)

josé sócrates(36)

legislativas 2011(6)

ler os outros(21)

maioria absoluta(26)

manifesto(32)

memorandum(38)

novas oportunidades(14)

passos coelho(13)

paulo portas(10)

política(15)

portugal(26)

programa de governo(7)

ps(108)

psd(73)

sair da crise(22)

saúde(6)

socialismo(19)

sócrates(63)

socrates(11)

sondagens(12)

troika(31)

tsu(7)

valores(6)

voto(9)

voto útil(32)

todas as tags

Últimos Links
Twingly Blog Search link:http://ruadireita.blogs.sapo.pt/ sort:publishedÚltimos Links para o Rua Direita
Pesquisar Neste Blog
 
Arquivos

Novembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

blogs SAPO