Rua Direita
Segunda-feira, 16 de Maio de 2011
Adolfo Mesquita Nunes

Ninguém aqui contesta que o PSD, ou os seus dirigentes, ataque o CDS, procurando demonstrar por que razão o PSD, e não o CDS,  merece o voto do eleitorado. Mas já não nos peçam para não considerar, sei lá?, revelador, que os ataques do PSD se centrem em aritméticas de duvidosa utilidade ao invés de se centrarem na oposição exercida pelo CDS ou nas ideias que este vem defendendo desde que abandonou o governo na sequência da derrota de 2005.  

Publicado Por Adolfo Mesquita Nunes em 16/5/11
Link do Post | Comentar
9 comentários:
De António Parente a 16 de Maio de 2011 às 17:25
Caro Adolfo Mesquita Nunes

O manifesto eleitoral do CDS foi uma agradável surpresa. Tem coisas boas e menos boas como qualquer manifesto eleitoral mas do ponto de vista global tem muita qualidade. Fiquei de tal modo impressionado que penso rever a minha posição de me abster no próximo dia 5 de Junho. Vou ver como corre a campanha. Se a agradável surpresa se prolongar até lá, votarei CDS. 


De José Cruz a 16 de Maio de 2011 às 22:18
O meu comentário anterior era para o Sr. Mesquita Nunes e não para o Sr. Parente. Era sobre as aritméticas, como bem se entendia.


De José Cruz a 16 de Maio de 2011 às 22:14
Caro Parente, esqueça as aritméticas.

O problema é muito simples. O voto no CDS é ou não, um voto contra o MAU governo de Sócrates e contra o estado em que este deixou o país?

Se é um voto contra Sócrates, por uma nova e diferente política e por uma mais competente implementação do acordo com o triunvirado internacional, temos de ter a certeza que esse voto, em nenhuma situação, pode ser usado para uma coligação que mantenha Sócrates no poder. 

Ou Portas responde a isto ou, aqui na família, vamos TODOS votar no Passos.


De Adolfo Mesquita Nunes a 17 de Maio de 2011 às 11:26
Caro José Cruz,

Quanto a essa pergunta, há duas formas de responder. Uma olhando para o passado de combate a Sócrates e outra olhando para o futuro de propostas apresentadas nos programas do PSD e no CDS. Quanto ao futuro, estamos no âmbito da palavra. Quanto ao passado, estamos no lado da acção.

E olhando para o passado, tanto quanto me lembro, foi o PSD que se encarregou de viabilizar, a troco de coisa nenhuma, a megalomania socialista que nos trouxe ao pedido de ajuda externa. PEC's e Orçamentos, e muito mais.

Se o José Cruz tiver votado PSD em 2009 com o argumento de que o voto PSD era o voto contra Sócrates porque o CDS para nada servia, suponho que já sabe a resposta à pergunta que colocou.  


De José Cruz a 17 de Maio de 2011 às 11:56
Na, aqui na família votámos sempre todos no CDS, mas com essa sua resposta vamos mudar pela certa. Então acha bem que o Paulo faça o que quiser com os nossos votos? Ou ele (o PP) é claro até ao dia 5 e, como diz o meu avô, ele sabe-o ser quando quer. Ou vamos votar em alguém que ponha mesmo o Sócrates a "andar".


De Adolfo Mesquita Nunes a 17 de Maio de 2011 às 12:02
Caro José Cruz, não entendo. Em que é que Paulo Portas não tem sido claro quanto ao combate a José Sócrates?


De José Cruz a 17 de Maio de 2011 às 12:46

Olhe caro Mesquita Nunes, o meu avô transmontano diz que fica satisfeito se o Paulo Portas disser, com a clareza que ele sabe ter quando quer, que não irá para o governo com o Sócrates em caso algum. Basta isso. Se ele o disser, continuará a ter os nossos votos.
Os nossos votos são: 1º contra o Sócrates e o vergonhoso desgoverno em que ele nos meteu; 2º pela correcta implementação do acordo que assinámos com o triunvirato internacional. Quem nos garantir isto leva o nosso voto.


De José Cruz a 17 de Maio de 2011 às 13:03
Ummm, nós vimos o frente a frente Portas/Sócrates. Achamos que o Paulo Portas pode ser ainda mais claro. Enfim, temos mais 3 semanitas para isso... Bora lá ver como vão correr...


Comentar post

Autores
Contacto
ruadireitablog [at] gmail.com
Subscrever Feeds
Redes Sociais
Siga o  Rua Direita no Twitter Twitter

Temas

'tiques socráticos'(6)

acordo(10)

administração pública(8)

ajuda externa(21)

alternativa(7)

bancarrota(13)

be(7)

bloco(11)

bloco central(5)

campanha(50)

cds(102)

cds-pp(12)

cds; psd(6)

comunicação(7)

constituição(6)

day after(8)

debate(12)

debates(52)

defice(8)

democracia(10)

desemprego(10)

desgoverno(11)

despesa pública(9)

dívida pública(11)

economia(20)

educação(19)

eleições(26)

esquerda(6)

estado social(23)

fiscalidade(14)

fmi(46)

futuro de portugal(17)

governar portugal(6)

governo(9)

humor(9)

josé sócrates(36)

legislativas 2011(6)

ler os outros(21)

maioria absoluta(26)

manifesto(32)

memorandum(38)

novas oportunidades(14)

passos coelho(13)

paulo portas(10)

política(15)

portugal(26)

programa de governo(7)

ps(108)

psd(73)

sair da crise(22)

saúde(6)

socialismo(19)

sócrates(63)

socrates(11)

sondagens(12)

troika(31)

tsu(7)

valores(6)

voto(9)

voto útil(32)

todas as tags

Últimos Links
Twingly Blog Search link:http://ruadireita.blogs.sapo.pt/ sort:publishedÚltimos Links para o Rua Direita
Pesquisar Neste Blog
 
Arquivos

Novembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

blogs SAPO