Rua Direita
Quinta-feira, 2 de Junho de 2011
Tomás Belchior

"Não Custou um Euro ao Contribuinte" - No Blasfémias

 

"5 de Novembro de 2008: O ministro Teixeira dos Santos explicou aos deputados que o BPN comprometeu a sua situação financeira porque estava em iminência de rotura de pagamentos, o que colocaria em risco os depósitos de milhares de depositantes.

 

7 de Novembro de 2008: Teixeira dos Santos, depois de muito pressionado, acabou por dizer que os prejuízos acumulados no banco BPN atingem 700 milhões de euros.

 

5 de Fevereiro de 2009: Teixeira dos Santos defende que Estado "não gastou dinheiro dos contribuintes" no BPN e no BPP

 

5 de Fevereiro de 2009: Teixeira dos Santos adiantou que o Governo decidiu nacionalizar o BPN não pelo prejuízo apurado de 700 milhões de euros, mas sim para proteger os depositantes.

 

18 de Junho de 2009:O ministro das Finanças afirmou hoje que "até agora o Estado não suportou um euro sequer" relativamente ao BPN, explicando que a Caixa Geral de Depósitos realizou operações de liquidez no banco avaliadas em 2,5 mil milhões de euros.

 

27 de Novembro de 2009 : [Teixeira dos Santos] diz que a insolvência do BPN poderia ter um efeito sistémico sobre a banca nacional. Se atingisse 10% das contas dos depositantes portugueses, a factura poderia chegar aos 15 mil milhões de euros.

 

27 de Outubro de 2010:BPN: Nacionalização evitou "catástrofe" do sistema financeiro — Teixeira dos Santos

 

11 de Janeiro de 2011: Teixeira dos Santos diz que perdas detectadas já depois da nacionalização mostram que a decisão foi acertada

 

11 de Janeiro de 2011: Teixeira dos Santos: "Valor de referência para custo da nacionalização do BPN são dois mil milhões"

 

"Aplausos do PS."

Publicado Por Tomás Belchior em 2/6/11
Link do Post | Comentar
3 comentários:
De António Folhadela Moreira a 2 de Junho de 2011 às 12:37
Conclusão: Quando Teixeira dos Santos, logo no início do processo de nacionalização do BPN disse que esta não custou € 1,00, tinha toda a razão.

Custou € 2.000.000.000,00, o que é diferente de € 1,00.


De Zélia Pinheiro a 2 de Junho de 2011 às 14:56
Ora bem.
(aplausos meus)


De Zélia Pinheiro a 2 de Junho de 2011 às 14:57
(Aplausos)


Comentar post

Autores
Contacto
ruadireitablog [at] gmail.com
Subscrever Feeds
Redes Sociais
Siga o  Rua Direita no Twitter Twitter

Temas

'tiques socráticos'(6)

acordo(10)

administração pública(8)

ajuda externa(21)

alternativa(7)

bancarrota(13)

be(7)

bloco(11)

bloco central(5)

campanha(50)

cds(102)

cds-pp(12)

cds; psd(6)

comunicação(7)

constituição(6)

day after(8)

debate(12)

debates(52)

defice(8)

democracia(10)

desemprego(10)

desgoverno(11)

despesa pública(9)

dívida pública(11)

economia(20)

educação(19)

eleições(26)

esquerda(6)

estado social(23)

fiscalidade(14)

fmi(46)

futuro de portugal(17)

governar portugal(6)

governo(9)

humor(9)

josé sócrates(36)

legislativas 2011(6)

ler os outros(21)

maioria absoluta(26)

manifesto(32)

memorandum(38)

novas oportunidades(14)

passos coelho(13)

paulo portas(10)

política(15)

portugal(26)

programa de governo(7)

ps(108)

psd(73)

sair da crise(22)

saúde(6)

socialismo(19)

sócrates(63)

socrates(11)

sondagens(12)

troika(31)

tsu(7)

valores(6)

voto(9)

voto útil(32)

todas as tags

Últimos Links
Twingly Blog Search link:http://ruadireita.blogs.sapo.pt/ sort:publishedÚltimos Links para o Rua Direita
Pesquisar Neste Blog
 
Arquivos

Novembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

blogs SAPO