Rua Direita
Sexta-feira, 3 de Junho de 2011
José Meireles Graça

O excelente Fernando Moreira de Sá defende aqui a sua dama, e defende-a bem. Em certo passo diz: "O problema é simples e natural, Paulo Portas e este seu CDS é igual a todos os outros e por muito que disfarce (e procurou disfarçar muito bem ao longo desta campanha) ele é o mesmo de 2009, de 2005, de 2002, de 1999 e de 1997."

Ó Amigo Fernando (perdoa-me a familiaridade?) por que razão se deteve em 1997? Se continuasse e fosse até aos alvores da Democracia, encontraria o CDS a votar isolado contra a Constituição, lavrada sob a égide do Conselho da Revolução e cristalizada numa forma de ver o Mundo que já então era obsoleta. E depois encontrá-lo-ia sempre do lado bom da barricada: a favor da livre iniciativa contra o papel central do Estado na vida económica, a favor da liberdade do cidadão contra o fascismo higiénico, a favor da liberdade no ensino contra o ensino jacobino, a favor das privatizações contra as nacionalizações, a favor de o País honrar a sua dívida (ao menos tentar) contra o calote comunista ... a lista é extensa. O PSD, tendo falhado o momento inicial, esteve quase sempre nestes combates. Quase. E mesmo agora que é tão semelhante ao CDS que ninguém acredita que uma coligação tenha dificuldades sérias de entendimento, não falta quem dentro do PSD, em caso de falhanço, se ofereça como alternativa. O PSD é sempre mais do que tem na montra - no armazém políticas e políticos alternativos espreitam.

Defenda a sua Dama, Fernando - faz bem. Mas não invoque contra o CDS a constância no tempo. Mesmo que o argumento histórico conte pouco (as pessoas pouco querem saber de coerências e incoerências partidárias pretéritas) ele milita a favor do CDS - precisamente o oposto do que diz.      


Temas:
Publicado Por José Meireles Graça em 3/6/11
Link do Post | Comentar
1 comentário:
De Fernando Moreira de Sá a 5 de Junho de 2011 às 01:00
Caro José Meireles, a escolha dessas datas (no meu post) é apenas para recordar a chegada de Paulo Portas ao CDS. Ele, Paulo Portas, é que é o mesmo.
 
Um abraço.


Comentar post

Autores
Contacto
ruadireitablog [at] gmail.com
Subscrever Feeds
Redes Sociais
Siga o  Rua Direita no Twitter Twitter

Temas

'tiques socráticos'(6)

acordo(10)

administração pública(8)

ajuda externa(21)

alternativa(7)

bancarrota(13)

be(7)

bloco(11)

bloco central(5)

campanha(50)

cds(102)

cds-pp(12)

cds; psd(6)

comunicação(7)

constituição(6)

day after(8)

debate(12)

debates(52)

defice(8)

democracia(10)

desemprego(10)

desgoverno(11)

despesa pública(9)

dívida pública(11)

economia(20)

educação(19)

eleições(26)

esquerda(6)

estado social(23)

fiscalidade(14)

fmi(46)

futuro de portugal(17)

governar portugal(6)

governo(9)

humor(9)

josé sócrates(36)

legislativas 2011(6)

ler os outros(21)

maioria absoluta(26)

manifesto(32)

memorandum(38)

novas oportunidades(14)

passos coelho(13)

paulo portas(10)

política(15)

portugal(26)

programa de governo(7)

ps(108)

psd(73)

sair da crise(22)

saúde(6)

socialismo(19)

sócrates(63)

socrates(11)

sondagens(12)

troika(31)

tsu(7)

valores(6)

voto(9)

voto útil(32)

todas as tags

Últimos Links
Twingly Blog Search link:http://ruadireita.blogs.sapo.pt/ sort:publishedÚltimos Links para o Rua Direita
Pesquisar Neste Blog
 
Arquivos

Novembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

blogs SAPO