Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rua Direita

Rua Direita

07
Jun11

Dobrar a Esquina

Rua Direita

 

Há trinta e poucos dias juntámo-nos para ajudar o país a virar a página do socialismo. Juntámo-nos para assegurar que o CDS teria um papel determinante nessa viragem. Juntámo-nos para mostrar que o CDS, as suas políticas e os seus eleitores eram bem mais do que caricaturas. Trinta e poucos dias depois, os nossos objectivos foram cumpridos.

 

Relativamente à edição de 2009, as nossas visitas aumentaram 33%, as nossas pageviews aumentaram 36% e o tempo que cada um de vós nos dedicou, em cada uma dessas visitas, aumentou 34%. Estes números demonstram que, mesmo em tempo de campanha eleitoral, ainda há quem se interesse por uma discussão livre e aberta. E isto deixa-nos particularmente satisfeitos e orgulhosos.

 

Muito obrigado por terem passado por esta Rua.

07
Jun11

Foram bons tempos e grandes momentos

Margarida Furtado de Mendonça

Os portugueses escolheram um caminho e esse caminho é à Direita. Não a eito, mas a direito.
Estou muito satisfeita com o resultado. O CDS conquistou o seu eleitorado pelo seu trabalho e mérito, ultrapassou uma série de obstáculos e cresceu! E vai continuar.
O CDS está de Parabéns e elegeu 24 deputados! A Rua Direita também está de Parabéns, elegeu 2 (desses) deputados!
Parabéns a todos, ao CDS, ao Paulo Portas, à Inês e ao Adolfo aos meus amigos deputados e a todos os que foram para a rua suar e pregar cada voto.

Vim para a esta rua em 2009 a convite dos meus amigos Luisa e João (sabe Deus por alma de que Santo, acharam que eu tinha alguma coisa a dizer). Desta ronda foi o Adolfo que fez o chamado. Obrigada, foi bom estar aqui. Aprendi muito.

À magnifica vizinhança desta rua, quero dizer que foi uma honra passear convosco. Obrigada. São todos francamente melhores vizinhos do que eu que me limitei a calcetar algumas pedras da calçada. Enquanto que alguns dos meus ilustres vizinhos tornaram a Rua Direita uma rua de passagem obrigatória para todos os que nos acompanharam.

Agora… é preciso trabalho, trabalho, trabalho e de qualidade. Confio no CDS como força competente e fundamental para os próximos 4 anos.
Nós cá nos havemos de encontrar, se Deus quiser, por essa altura.

 

(to be continued...)

07
Jun11

MISSÃO CUMPRIDA!

Gonçalo Delicado

Juntámo-nos nesta rua com o objectivo de ajudar o CDS a crescer nas eleições e fomos bem sucedidos: o CDS aumentou o número de deputados, cresceu em percentagem, consolidou-se como terceira força partidária e aumentou o número de eleitores. Para melhorar, ainda elegemos 2 deputados: parabéns Inês e Adolfo!

 

Em relação aos resultados de Domingo, o PSD foi o grande vencedor, fazendo-se valer de um claro apelo ao voto útil (intensificado na última semana), o qual surtiu grande efeito e prejudicou fortemente o CDS. Mas se é certo que o PSD conseguiu capitalizar votos com o seu apelo, também é verdade que o CDS não conseguiu contrariar essa tendência. Mesmo assim conseguimos um resultado suficientemente forte que nos permite ter voz activa no governo.

 

Cumprida a missão é tempo de ir passear para outro lado.

 

Obrigado vizinhos pela fantástica companhia, com um obrigado especial à Margarida Furtado de Mendonça que me desafiou para este passeio.

07
Jun11

Sou óptimo para despedidas

João Maria Condeixa

Contrariamente à maioria das pessoas, eu sou muito bom na altura das despedidas. Muito bom, mesmo! Tenho sempre um "até logo" para deixar. Quero isto dizer que nunca me despedi de ninguém em definitivo. E com o Rua Direita vai-se passar o mesmo.

 

Gostei de andar por esta rua, de me cruzar diariamente com pessoas cuja cor dos olhos e o tom de pele nunca vi. Sei que vou ficar com a caixa de e-mail mais aliviada - sim, porque para quem não sabe, fica a saber: nós habitantes desta rua somos meninos para produzir cerca de 150 mails por dia, por vezes, 151, sem tocarmos no nome de José Sócrates e sem nos queixarmos muito disso - mas com isto não quero dizer que não venha a sentir falta das conversas que por aqui tivemos.

 

Foi um orgulho e acho, muito sinceramente, que atingimos parte do que nos propusemos. Pelo menos discutimos bastante e passámos um exemplo que os partidos também deveriam perfilhar: numa mesma casa podem conviver e discutir, sem carneirismos, opiniões várias, sem originar exclusões ou perda de identidade. Onde o poder não corrompeu, esse exercício salutar é possível. Felizmente, daquilo que conheço, o CDS é o partido que mais se aproxima desta utopia.

 

E agora se não se importam, vou voltar ao trabalho. Até logo!

07
Jun11

Missão cumprida

Zélia Pinheiro

A missão do Rua Direita 2011 foi cumprida. Agora seguem-se outros caminhos. Pela minha parte, obrigada a todos, que fui conhecendo, comentando ou apenas lendo, sempre a aprender algo de novo. Um especial agradecimento é devido à Inês, que me convidou, e ao Tomás e ao Adolfo, que tão bem orientaram os trabalhos. Este foi um espaço em que a riqueza e o pluralismo das ideias conviveram com o empenhamento num projecto comum, e a experiência, para mim, foi muitissimo enriquecedora.

Como, no fundo ou menos no fundo, somos todos conservadores, deixo aqui um Nat King Cole de sempre: Straighten Up and Fly Right.

 

07
Jun11

Este foi um grande momento.

Miguel Sanches

Vizinhos, amigos e transeuntes em geral,

 

Que grande Rua esta onde vivemos a campanha eleitoral. Por aqui discutiu-se, argumentou-se e questionou-se aquilo que mais interessava. Propostas e políticas a seguir para recuperar o País do pântano onde mais uma vez o Partido Socialista nos meteu.

 

O CDS está de parabéns pelo excelente resultado e a Rua Direita também. Nas palavras do próprio Paulo Portas, no que toca aos argumentos, a Rua Direita arrasou.

 

Para um novato na blogosfera como eu foi uma honra e um privilégio ter tão ilustres vizinhos. Parabéns a todos. Sobertudo ao incansável Tomás e ao Adolfo mas permitam-me que felicite em especial a Inês com quem, para além de conviver de perto durante os últimos meses, cheguei a esta Rua.

 

Até Breve.

 

  

   

07
Jun11

Obrigado!

Filipe Diaz

Desafiado pelo Adolfo e muito bem acompanhado, foi nesta Rua Direita que dei os meus primeiros passos na blogosfera e ganhei o gosto por estas andanças.

 

A todos os que por aqui andaram deixo um Obrigado, e aos que agora assumem os rumos e destinos do nosso país deixo as seguintes palavras de Margaret Thatcher: If you just set out to be liked, you would be prepared to compromise on anything at any time, and you would achieve nothing.

07
Jun11

Por um Portugal às direitas!

Tiago Pestana de Vasconcelos

Apesar da curta participação foi um gosto andar por aqui, convosco, a tentar endireitar Portugal.

 

Esperemos que tenham acabado os dias das vias sinuosas e sigamos agora em linha recta, em direcção a um futuro melhor!

 

Vemo-nos por aí...

07
Jun11

Até 2015!

João Pinheiro da Silva

Obrigado a todos os vizinhos desta Rua Direita que tanta sabedoria demonstraram ao longo do último mês.

 

Obrigado especialmente ao Adolfo que me lançou o desafio de andar também por aqui.

 

Aos dois deputados desta Rua desejo a melhor sorte, porque também vão precisar dela.

 

Infelizmente só vos reencontrarei a todos daqui a quatro anos, sim, porque a próxima legislatura vai até ao fim.

 

Vêmo-nos em 2015!

07
Jun11

Um último post

José Maria Montenegro

A expressiva maioria – de votos e deputados – que sustenta o próximo Governo constitui, acima de tudo, uma enorme responsabilidade. Este é o momento da exigência, do mérito e do cumprimento da palavra. Já dizia Sir Winston Churchill, «O preço da grandeza é a responsabilidade».

 

PS. Meus amigos, obrigado pela companhia! Um forte abraço a todos!

Pág. 1/18

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contacto

ruadireitablog [at] gmail.com

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D