Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rua Direita

Rua Direita

03
Mai11

Vivemos num País ocupado

Timóteo Gonçalves

Vivemos num País ocupado!

 

Uma ocupação bem mais eficaz que aquela que poderosos exércitos levaram a cabo algures no nosso passado.

 

O implacável líder desta ocupação conseguiu cerrar fileiras à sua volta e, nas circunstâncias actuais, defrontá-lo nos seus terrenos, seria um verdadeiro suicídio.

 

Esqueçamo-lo portanto, a curto prazo, pois seria errado dispender energias num combate desigual.

 

Incompreensivelmente, a assumida " resistência", elegeu um líder que, de erro em erro, vai destruindo o capital de confiança que possuia juntos dos seus eleitores e vai desmobilizando os seus mais importantes apoiantes.

 

Esta "resistência" está claramente em implosão, sem carisma e sem rumo!

 

Esqueçamos também os movimentos mais radicais pois o seu perfil contestatário, orientado apenas e sómente para os direitos que sendo a sua aparente liberdade é, de facto, a sua enorme escravidão.

 

A este País ocupado resta, felizmente, um Partido moderno, competente, com ideias muitas claras , sem clientelas a satisfazer e, portanto, sem despojos a partilhar.

 

Eis a oportunidade histórica que se coloca ao CDS-PP!  Abrigo dos eleitores PSD cada vez mais incrédulos com a sua oca liderança e até, também, de jovens bloquistas que começam a perceber que o País necessita de muito mais que palavras.

 

O País está rápidamente a assimilar que só Paulo Portas é adversário à altura de José Socrates.

 

O País exige que o CDS-PP e o seu líder se agigantem e assumam com clareza que aceitam este repto histórico. 

 

Neste momento a prudência não será boa conselheira.

 

Eu acredito! 

2 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contacto

ruadireitablog [at] gmail.com

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D