Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rua Direita

Rua Direita

04
Mai11

Tristeza

Rodrigo Lobo d´Ávila

O que ontem se passou não passou de uma grande tristeza. Foi triste ver o Primeiro-ministro a proclamar como um seu triunfo pessoal aquilo que é a maior vergonha nacional desde o ultimato inglês. Foi triste ver o ministro das finanças a fazer de chaperone silencioso e respeitoso, de forma a atribuir alguma credibilidade aos "amanhãs que cantam" do Primeiro-ministro. Foi triste ver Eduardo Catroga a pôr-se em bicos de pés e a proclamar o acordo como uma gloriosa vitória do já de si glorioso PPD/PSD. Acima de tudo foi triste eu perder o meu tempo a ver este exemplo dual de ausência de conexão ao planeta Terra, quando podia tê-lo usado em coisas mais úteis, como sei lá...ver a bola ou a novela da sic.

 

Foi triste saber que enquanto isto se passava, as obras do TGV prosseguiam, a passo de corrida, alegres e contentes, talvez por saberem que o Sr. Engenheiro tem dinheiro fresco, que vai durar por mais dois ou três anos. Afinal como diz o povo (se o Primeiro-ministro ganhar as eleições) "Para hoje há e para amanhã Deus dará".

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contacto

ruadireitablog [at] gmail.com

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D