Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rua Direita

Rua Direita

09
Mai11

Voto Útil? Útil a Quem?

João Ferreira Rebelo

Temos assistido a alguma descoordenação interna do PSD, nomeadamente entre o seu líder e certos membros “menos tímidos” da sua equipa. O que de certa forma se compreende, pois dado o (mau) estado da Nação todos querem contribuir com ideias, sugestões, etc. Mas se aceitamos que venham a lume muitas ideias, muitas soluções, ainda que não coincidentes dentro do mesmo partido, já nos custa a aceitar que o PSD se desvie do alvo José Sócrates e comece também a disparar noutras direcções. Isto a propósito do eterno cliché do voto útil.

 

Em 2009, a bandeira do voto útil não serviu de muito ao PSD. Não só perdeu as eleições para José Sócrates, como viu o CDS crescer. Contudo, parece querer insistir na receita, o que honestamente não se compreende. Até os cidadãos mais desligados da política activa já começam a perceber que o binómio PS/PSD não é solução. Felizmente já muita gente percebe que há alternativas sérias e credíveis e só fazia bem à saúde do PSD ter noção disso mesmo, ao invés de insistir que só se justifica o voto nos dois típicos partidos que nos têm governado.

 

Por outro lado, no limite, esta posição favorece o voto no PS, pois aceita de barato que a alternativa para quem não quer votar no PSD é mais Governo com José Sócrates. E isto sim é verdadeiramente inaceitável, pelo que não devia sequer entrar na equação. Já bastam os votos de todos aqueles que acompanham o PS sem discutir (e que, infelizmente, continuam a ser muitos), mas vamos, por favor, ter um discurso decente e convincente para os indecisos e para os descontentes.

 

É caso para perguntar, voto útil, para quem? A quem é que é útil reduzir as hipóteses de voto ao PS e ao PSD? Não é aos Portugueses, com toda a certeza, pois, acima de tudo, essa escolha forçada é a grande responsável da abstenção e do discurso do “não vale a votar, são todos iguais…”. Não é verdade, não são todos iguais e há mais possibilidades. O CDS é sem dúvida uma delas, com provas dadas, gente séria, descomprometida e competente. E o PSD devia perceber (mais do que perceber, aceitar) essa realidade e dirigir as suas forças para o inimigo n.º 1 de Portugal e não para o CDS. E devia fazê-lo depressa, antes que, mais uma vez, seja tarde.

2 comentários


  • Isso sem dúvida! Mas é bom o aviso à navegação para se concentrarem no alvo, já lhes correu mal uma vez e é bom que agora corra melhor, para todos nós.
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Contacto

    ruadireitablog [at] gmail.com

    Arquivo

    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D