Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rua Direita

Rua Direita

10
Mai11

Centralismo Democrático

Gabriel Silva

Uma das piores propostas avançadas pelo PSD diz respeito ao projecto de diminuição de deputados para 181. Para além do evidente toque populista que lhe está subjacente («ficam caros», «não fazem nada»), tem o efeito maléfico de ainda piorar as coisas. Grande parte dos deputados são hoje, naquele ou noutro qualquer partido, designados directamente pelo chefe de serviço, pelos queridos líderes que ali colocam «os notáveis» e «figuras gradas». A diminuição de lugares apenas agravará tal tendência centralizadora. Acresce que tecnicamente, o actual rácio de deputados/eleitores é perfeitamente razoável, cerca de 40 mil, o qual será bastante mais elevado se aquela alteração for avante. Outra consequência muito negativa é a imediata inviabilização da introdução dos círculos uninominais (com circulo nacional conjunto), uma absoluta necessidade por forma a responsabilizar directamente o deputado representante face ao eleitor representado.

 

Se de facto os líderes partidários entendem que os deputados são meras correntes de transmissão - como este projecto é mais um indício - que são ovelhas obedientes ao voto decidido pela cúpula iluminada - como a prática quase unânime tem demonstrado -  então têm razão e 181 são até demais. Bastará cinco líderes parlamentares em que cada um se levantará nas votações com uma placa onde esteja indicado o número de deputados que representa. É a melhor forma para se acabarem as dissidências, as correntes de opinião, os ismos e os istas internos de toda a espécie.

 

(também publicado no Blasfémias)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contacto

ruadireitablog [at] gmail.com

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D