Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rua Direita

Rua Direita

10
Mai11

Lá no manicómio era assim que fazíamos

Francisco Mendes da Silva

O Rui Castro já disse quase tudo o que há a dizer sobre a léria dos abrantes a que até o grande maradona aderiu - tal é o seu ódio a Paulo Portas. Mas a coisa merece outro comentário. Sócrates, naquela sua maneira provinciana de quem está sempre a justificar-se com o que se faz "lá fora", acha que são muito bons os exemplos de que falou, quando referiu outros países onde a dívida pública disparou. Dos quatro que superaram Portugal nesse aspecto (Irlanda, Grécia, Reino Unido e Letónia) - o Rui já o sublinhou -, dois foram intervencionados (Irlanda e Grécia). Quanto aos restantes, desconheço o caso da Letónia mas gostaria de lembrar que, até há um ano atrás, o Reino Unido teve à frente um louco que saiu do mesmo manicómio de onde saiu Sócrates. E só não será resgatado porque, entre outras razões, não faz parte da Zona Euro e está agora, com o novo governo, a implementar um plano duríssimo de austeridade por iniciativa própria (sem ser imposto de fora). Até 2010, o Reino Unido não foi exemplo para ninguém. Não nos esqueçamos o quanto Gordon Brown foi saudado pelos Sócrates desta vida como o génio que descobriu a forma de sairmos da crise. E qual foi esse caminho desbravado por Brown? Dívida sobre dívida sobre dívida.

1 comentário

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contacto

ruadireitablog [at] gmail.com

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D