Rua Direita
Sábado, 14 de Maio de 2011
Publicado Por João Lamy da Fontoura em 14/5/11
Link do Post
De Gabriel Silva a 14 de Maio de 2011 às 23:02
Ora eis uma fraseologia e ideia política que certamente foi tirada do Manifesto do... Partido Comunista da autoria de Karl Marx. Ipsis verbis. 


Livra!


De João Lamy da Fontoura a 15 de Maio de 2011 às 00:05
Não vejo aqui nada de... comunista.
Parece-me que faz todo o sentido que a retribuição dos trabalhadores envolva uma componente variável, ligada ao contributo do esforço individual para o resultado global. Parece-me justo que assim seja. Por outro lado, ínsita nesta visão está uma ideia de identificação e solidariedade dentro de unidades de produção que podem, perfeitamente, ser vistas como equipas. Trata-se de garantir que o esforço compensa.
Só não percebo a limitação a períodos de crescimento económico: se existem situações em que, mesmo em contextos desfavoráveis, se obtêm bons resultados, por que não aplicar, também aí, esta ideia?


De Gabriel Silva a 15 de Maio de 2011 às 00:26
Meu caro,


O que descreves no teu comentário é o o dia-a-dia de muitas empresas: prémio de produtividade, repartição de lucros, prémios por equipas, etc. Já existe em muito lado.


Mas o texto citado vai bastante mais longe: em primeiro lugar faz parte de um manifesto eleitoral, logo, assume a ideia de uma proposta legislativa, de um futuro governo ou lei na assembleia. 
Em segundo o texto do manifesto utiliza a fatal expresão «deve». Quando se diz «deve», é porque se quer tornar obrigatorio aquilo que «deve» ser da livre disponibilidade do acordo dentro da empresa, entre colaboradores e entidade empresarial., E evidentemente, independentemente do ciclo económico, mas atendendo ao ciclo da empresa.
Lá está: quando se pretende meter em assuntos que não lhe dizem respeito, e tudo regular, em tudo intervir, faz-se invariavelmente asneira. 


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Autores
Contacto
ruadireitablog [at] gmail.com
Subscrever Feeds
Redes Sociais
Siga o  Rua Direita no Twitter Twitter

Temas

'tiques socráticos'(6)

acordo(10)

administração pública(8)

ajuda externa(21)

alternativa(7)

bancarrota(13)

be(7)

bloco(11)

bloco central(5)

campanha(50)

cds(102)

cds-pp(12)

cds; psd(6)

comunicação(7)

constituição(6)

day after(8)

debate(12)

debates(52)

defice(8)

democracia(10)

desemprego(10)

desgoverno(11)

despesa pública(9)

dívida pública(11)

economia(20)

educação(19)

eleições(26)

esquerda(6)

estado social(23)

fiscalidade(14)

fmi(46)

futuro de portugal(17)

governar portugal(6)

governo(9)

humor(9)

josé sócrates(36)

legislativas 2011(6)

ler os outros(21)

maioria absoluta(26)

manifesto(32)

memorandum(38)

novas oportunidades(14)

passos coelho(13)

paulo portas(10)

política(15)

portugal(26)

programa de governo(7)

ps(108)

psd(73)

sair da crise(22)

saúde(6)

socialismo(19)

sócrates(63)

socrates(11)

sondagens(12)

troika(31)

tsu(7)

valores(6)

voto(9)

voto útil(32)

todas as tags

Últimos Links
Twingly Blog Search link:http://ruadireita.blogs.sapo.pt/ sort:publishedÚltimos Links para o Rua Direita
Pesquisar Neste Blog
 
Arquivos

Novembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

blogs SAPO