Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rua Direita

Rua Direita

23
Mai11

Fantasminhas....

Gabriel Silva

Continua a saga dos eleitores-fantasmas. Mais de um milhão. 

 

O nosso sistema político e a representatividade dos actos eleitorais fica totalmente distorcida, ao nível da repartição de deputados por distritos e com a suspeição de haver eleitores inexistentes que possam ser dados como votantes. 

 

A tecnologia socratista não conseguiu ou não quis eliminar tal factor de distorção. Nem sequer permitir que se pudesse votar onde bem se entendesse, ou por antecipação, ou por correio. Nadinha.

 

No último acto eleitoral foi quase o caos com a confusão dos cartões de identificação. Para 5 de Junho melhor seria ter umas centenas de observadores da OCDE  à cautela....

 

Aliás, a legislação eleitoral é uma indigna sobrevivente do tempo jurássico: entre a demissão do primeiro-ministro e o acto eleitoral passarão 76 dias! Com sorte haverá novo primeiro ministro antes de 90 dias. O que convenhamos é um luxo belga que provavelmente não será o mais adequado aos tempos, realidade e necessidade do nosso país. 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contacto

ruadireitablog [at] gmail.com

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D