Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rua Direita

Rua Direita

27
Mai11

Da (in)utilidade do voto

Adolfo Mesquita Nunes

O Carlos Botelho acha que, à direita, quem não votar PSD estará a votar em Sócrates nas próximas eleições. Não é um argumento novo. Em 2009 também ouvimos coisa semelhante. Houve quem tivesse aderido ao argumento e houve quem não tivesse aderido.

 

Os que aderiram ao argumento viram o seu voto servir para viabilizar 2 Orçamentos de Estado fantasiosos, para dar luz verde a 3 PEC desastrosos, para permitir a manutenção do Código Contributivo, para impedir a revisão do regime dos gestores públicos, para inviabilizar a suspensão das grandes obras públicas e de novas PPP e para chumbar a DCI, entre muitos outros exemplos de concubinato social democrata com o governo socialista. Os que não aderiram ao argumento e confiaram no CDS viram o seu voto servir para a melhor oposição ao socialismo que, com a ajudinha do PSD, nos arruinou.

 

É nestas coisas, penso eu de quê, que se vê a utilidade do voto.

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contacto

ruadireitablog [at] gmail.com

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D