Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rua Direita

Rua Direita

31
Mai11

Em campanha no Diário Económico III

Inês Teotónio Pereira

Ontem

 

Sobre o estilo


O estilo do PS é mau, muito mau, quer em campanha quer no Governo. O estilo é este: não existe amanhã e ontem foi uma miragem; é preciso garantir, prometer e sobreviver até dia 5; o que interessa é aguentar de pé sem vacilar e a qualquer preço. Não interessa o que se diz, só interessa como se diz; não interessa o conteúdo, interessa apenas que alguém acredite na palavra de ordem repetida pelo primeiro-ministro nos comícios assistidos por imigrantes. É preciso repetir até à exaustão palavras como estado social, instabilidade política e os monstros da direita. Interessa o retrato para a TV e o estilo do primeiro-ministro, se fica melhor assim ou assado, apenas isso. Se rimar, melhor ainda.

O estilo do PS, por ser mau, por ser agressivo, por estar fundamentado num vazio imenso, por ser apenas estilo, sem conteúdo, plano, ou fundamento, não leva o PS a lado nenhum e não leva voto nenhum ao PS.

O estilo do PS é tropeçar, dar tiros no pé, e fingir que estar a dançar. Só por isso, só pode ser por uma questão de estilo, que o Governo escondeu aos partidos e ao país a versão final do memorando de entendimento aprovada em Bruxelas. Para o Governo esta é uma questão menor, não faz mal nenhum, eram só coisinhas de calendário. Pois, não faz mal, assim como não fez mal esconder ao Presidente da República o PEC IV ou Governar o país como se o país fosse uma secção concelhia do PS. É um estilo.

 


 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contacto

ruadireitablog [at] gmail.com

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D