Rua Direita
Terça-feira, 31 de Maio de 2011
José Meireles Graça

Numa carta a Pinheiro Chagas, salvo erro, Eça estabeleceu a imperecível distinção entre patriotaças, patriotinheiros, patriotadores e patriotarrecas.


Ocorreu-me isto a propósito deste texto do Daniel Oliveira, embora não lhe faça a injúria de o encaixar em qualquer das categorias.


Os actuais e parte dos futuros governantes que Daniel - abençoada lucidez - já não tem dúvidas quem venham a ser, são taxados de "comissários" e "capachos", por se prontificarem a seguir a dolorosa receita que os credores propinam para, encostando a barriga ao balcão para nele alinharem 78 mil milhões, terem um módico de garantias de que irão ver de volta, se não tudo, ao menos uma parte do óbolo.


Neste desprezo envolve também os eleitores, porque, nas palavras dele, "A maioria dos portugueses acha que merece ser tratada com este desprezo. Aplaude a chegada do colono e acredita que ele vem pôr a piolheira na ordem. Aceita o insulto sem um protesto."


Eu discordo das escolhas que os meus concidadãos têm feito - há muito tempo. E não acho sequer que no próximo Domingo vão fazer a melhor escolha, apenas vão na boa direcção. Mas cada qual lê a Alma Portuguesa como quiser: a minha interpretação é que a maioria dos Portugueses, no nevoeiro dos números, das explicações do passado e das projecções do futuro, intui que não é mais possível continuar ano após ano a gastar mais do que se tem; e que, sendo necessário produzir mais e pagar a quem se deve, não é com a Esquerda ao timão que isso pode suceder.


Daí a passividade - não de uma qualquer atávica e bovina inferioridade.

Publicado Por José Meireles Graça em 31/5/11
Link do Post | Comentar | Ver Comentários (4)
Sexta-feira, 27 de Maio de 2011
José Meireles Graça

Daniel Oliveira desfere aqui um vigoroso ataque contra o líder do CDS, com uma extensa lista de objurgatórias. Excelente sinal, que um comentador do post, de nome António Cunha, resumiu assim, e resumiu bem: "Demorou mas chegou lá...Já percebeu para onde estão a ir os votos do BE, não já ?!!!!"

 

Daniel Oliveira não é apreciado pela Direita: A sua alegada superioridade moral, que partilha com os seus camaradas, maxime com o líder da seita, e que se traduz na martelada ideia que a sua esquerda dele se preocupa com os desempregados, os pobres e os aflitos, enquanto a negregada direita se ocupa de lucros, egoísmo, evasão fiscal e trapaças sortidas - irrita; a sua allure (e só falo nela porque o tom do arrazoado é chocarreiro) de terrorista da Fatah vestido à ocidental - repele algumas almas retrógradas; e a sua argumentação na defesa de soluções lunáticas para os nossos problemas económicos, por embrulhada que venha na autoridade de académicos comunistas e outros radicais de esquerda - incomoda quando não faz sorrir. 

 

Eu conheço bem a personalidade pública de DO: sigo-a há muito tempo no Arrastão, no Eixo do Mal e no Expresso. E tenho pela personagem simpatia e apreço. É, não tenho dúvidas, um genuíno democrata, no sentido que dá à palavra quem respeita a instituição parlamentar e toda a parafernália de direitos dos cidadãos sem os quais os Parlamentos não são representativos; respeita a propriedade privada de meios de produção e a propriedade privada tout court, embora delas tenha uma concepção instrumental que o leva a pôr-lhe obstáculos muito para além do que achamos razoável; e tem uma panóplia de reflexos condicionados em matérias socialmente fracturantes. Mas, no conjunto, dará um excelente militante do PS quando o PS na oposição virar, como vira sempre, à esquerda; e quando o BE expelir de si os que não são genuinamente comunistas libertários, ou trotskistas ou lá qual seja a variedade de comunistas que por lá se acolhem.

 

Daniel é um óptimo adversário: convicto, democrata e inteligente. E que se mantenha na oposição a um Governo realista, competente, modesto e liberal, durante muito tempo - é o que lhe desejo.

Publicado Por José Meireles Graça em 27/5/11
Link do Post | Comentar

Autores
Contacto
ruadireitablog [at] gmail.com
Subscrever Feeds
Redes Sociais
Siga o  Rua Direita no Twitter Twitter

Temas

'tiques socráticos'(6)

acordo(10)

administração pública(8)

ajuda externa(21)

alternativa(7)

bancarrota(13)

be(7)

bloco(11)

bloco central(5)

campanha(50)

cds(102)

cds-pp(12)

cds; psd(6)

comunicação(7)

constituição(6)

day after(8)

debate(12)

debates(52)

defice(8)

democracia(10)

desemprego(10)

desgoverno(11)

despesa pública(9)

dívida pública(11)

economia(20)

educação(19)

eleições(26)

esquerda(6)

estado social(23)

fiscalidade(14)

fmi(46)

futuro de portugal(17)

governar portugal(6)

governo(9)

humor(9)

josé sócrates(36)

legislativas 2011(6)

ler os outros(21)

maioria absoluta(26)

manifesto(32)

memorandum(38)

novas oportunidades(14)

passos coelho(13)

paulo portas(10)

política(15)

portugal(26)

programa de governo(7)

ps(108)

psd(73)

sair da crise(22)

saúde(6)

socialismo(19)

sócrates(63)

socrates(11)

sondagens(12)

troika(31)

tsu(7)

valores(6)

voto(9)

voto útil(32)

todas as tags

Últimos Links
Twingly Blog Search link:http://ruadireita.blogs.sapo.pt/ sort:publishedÚltimos Links para o Rua Direita
Pesquisar Neste Blog
 
Arquivos

Novembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

blogs SAPO