Rua Direita
Sexta-feira, 3 de Junho de 2011
Filipe Diaz

Neste último dia de campanha, oiçamos esta comunicação de José Sócrates: é preciso um novo Governo, com pessoas credíveis, com pessoas competentes, com pessoas capazes!

 

Outros tempos e outro contexto, mas a mensagem permanece inteiramente aplicável... é preciso mudar!

 

 
 
PS - Mais uma vez, agradeço a inestimável ajuda à produção do 31 da Armada. 

 

 

 

Publicado Por Filipe Diaz em 3/6/11
Link do Post | Comentar
Quarta-feira, 11 de Maio de 2011
Francisco de Almeida

Passados já três debates, fico com a sensação de que falta qualquer coisa.

 

Passa-se muito tempo a criticar o actual governo e o candidato José Sócrates e muito pouco a falar do que eu considero essencial: as medidas concretas que cada um pretende aplicar, o impacto dessas medidas no país e nos Portugueses, e sobretudo, como é que cada um dos candidatos pretende dinamizar o crescimento da nossa economia.

 

Não se iluda quem acredite que o programa de governo está definido pela Troika. O acordo exprime linhas orientadoras para contenção de custos e aumento de receita do estado. Falta a transformação de muitas dessas linhas orientadoras em medidas concretas, e a capacidade de implementação dessas mesmas medidas. Falta também, a definição clara dos mecanismos que vão sustentar o crescimento económico, que não me parecem estar tão explícitos no acordo.  É nisto que importa avaliar os candidatos a Primeiro Ministro.

 

A crítica ao governo e a José Sócrates é, na minha opinião, uma infeliz manobra de diversão. É obviamente importante avaliar o trabalho feito por este governo, mas, o fraquíssimo trabalho por ele realizado nos últimos 6 anos, e a triste figura do actual PM são tão óbvios que até comentadores internacionais que olhem brevemente para Portugal o constatam com alguma facilidade. Continuar a "bater no ceguinho" vai permitir dar ao "ceguinho" exactamente o que ele quer: Por um lado, a pena do povo alimentando o seu argumento do "coitadinho"; Por outro, desviar a atenção das medidas concretas propostas por cada partido, alimentando o seu segundo argumento, o de que "estão todos a contribuir para uma crise política mas ninguém propõe nada melhor do que eu para nos tirar da actual situação".

 

Eu acredito que não há qualquer tipo de racionalidade em dar um voto que seja ao Sócrates. Quanto mais rápido os partidos assumirem isto e deixarem de lutar activamente contra a ideia de que José Sócrates pode ser reeleito, mais rápido vamos poder assistir a discussões mais construtivas sobre o que de facto é importante para todos nós: como é que pretendem tirar-nos desta "alhada". 

 

Publicado Por Francisco de Almeida em 11/5/11
Link do Post | Comentar | Ver Comentários (6)
Quarta-feira, 4 de Maio de 2011
Helena Costa Cabral

Há mais de dez anos, vivia num bairro típico lisboeta. No fim da minha rua moravam a Dona Adelaide e o Senhor Luís, um casal sem filhos. As discussões eram constantes e terminavam quase sempre com a intervenção da polícia, chamada pelos vizinhos.

 

Era frequente ver a Dona Adelaide com equimoses e contusões mal disfarçadas por uns gigantes óculos escuros. Um dia, na padaria da rua, ouvi-lhe a seguinte afirmação: “O meu Luís é bom homem…o único problema dele é a bebida…mas é muito meu amigo, não sei o que é que eu faria sem ele”.

 

Mudei de casa pouco tempo depois. Nunca mais soube nada deles, mas gosto de pensar que o Senhor Luís está no único sítio onde merece estar, na prisão, e que a Dona Adelaide ganhou forças, acreditou em si, agiu e libertou-se daquela situação infernal.

 

É tempo de os portugueses deixarem de encontrar desculpas para os seus agressores, ganharem força, acreditarem em si, agirem e libertarem-se desta situação infernal. Nada está escrito, o dia 5.6 é o dia em que muda o nosso destino. E quem nos agrediu devia partilhar cela com o Senhor Luís.

Publicado Por Helena Costa Cabral em 4/5/11
Link do Post | Comentar
Terça-feira, 3 de Maio de 2011
Sophia Caetano Martin

Há que combater o conformismo. Há que abandonar a ideia de que os partidos são todos iguais e que não há alternativa ao rotativismo entre os partidos do bloco central. Há que abandonar a ideia de que só vale a pena votar PS e PSD e que, no fim, vai tudo dar ao mesmo.

 

Há alternativa. Há uma política diferente, um caminho diferente e um meio diferente de tentarmos tirar o nosso País do buraco em que o enfiaram nos últimos 37 anos.

 

Pode não se concordar com tudo o que o CDS defende, ou com tudo o que o seu presidente diz, mas não se pode negar que há no seu programa a proposta de um caminho cheio de boas ideias que merecem ser postas em prática.

 

É por isso que eu vou votar CDS no próximo dia 5 de Junho.

Publicado Por Sophia Caetano Martin em 3/5/11
Link do Post | Comentar
João Ferreira Rebelo

Portugal está deprimido. Fortemente deprimido. Não há confiança colectiva e, principalmente, não se acredita na capacidade de mudança. Muitos são os factores, históricos e sociológicos, que podem explicar esse fenómeno, mas sem dúvida que a travessia socialista pelo deserto, dos últimos anos, é a grande responsável deste sentimento geral.

 

Agora somos chamados a tomar posição e a resposta não pode ser a de sempre: mais do mesmo! Na verdade, há alternativas. Não é tempo para resignação, é tempo para dar o salto e discutir os próximos passos, sendo parte activa da solução. Não basta a crítica, é necessária a atitude. Só um Portugal activo pode sair desta depressão, mas para isso urge debater com seriedade, trabalhar com convicção e acreditar que ainda vamos a tempo!

Publicado Por João Ferreira Rebelo em 3/5/11
Link do Post | Comentar

Autores
Contacto
ruadireitablog [at] gmail.com
Subscrever Feeds
Redes Sociais
Siga o  Rua Direita no Twitter Twitter

Temas

'tiques socráticos'(6)

acordo(10)

administração pública(8)

ajuda externa(21)

alternativa(7)

bancarrota(13)

be(7)

bloco(11)

bloco central(5)

campanha(50)

cds(102)

cds-pp(12)

cds; psd(6)

comunicação(7)

constituição(6)

day after(8)

debate(12)

debates(52)

defice(8)

democracia(10)

desemprego(10)

desgoverno(11)

despesa pública(9)

dívida pública(11)

economia(20)

educação(19)

eleições(26)

esquerda(6)

estado social(23)

fiscalidade(14)

fmi(46)

futuro de portugal(17)

governar portugal(6)

governo(9)

humor(9)

josé sócrates(36)

legislativas 2011(6)

ler os outros(21)

maioria absoluta(26)

manifesto(32)

memorandum(38)

novas oportunidades(14)

passos coelho(13)

paulo portas(10)

política(15)

portugal(26)

programa de governo(7)

ps(108)

psd(73)

sair da crise(22)

saúde(6)

socialismo(19)

sócrates(63)

socrates(11)

sondagens(12)

troika(31)

tsu(7)

valores(6)

voto(9)

voto útil(32)

todas as tags

Últimos Links
Twingly Blog Search link:http://ruadireita.blogs.sapo.pt/ sort:publishedÚltimos Links para o Rua Direita
Pesquisar Neste Blog
 
Arquivos

Novembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

blogs SAPO